Diamante conquista selo Carbono Zero
Foto: Heider Torres

Diamante conquista selo Carbono Zero

Certificação faz parte dos esforços da companhia em tornar a gestão de suas operações de transporte cada vez mais sustentável

Postado por Diamante
Categoria:

Empresas que querem se manter competitivas no mercado atualmente miram sua atuação para um cuidado importante: o meio ambiente. Cada vez mais, essas companhias estão adotando uma gestão focada em práticas sustentáveis, reduzindo o impacto de suas atividades na natureza e na sociedade. A Diamante, que está no mercado brasileiro de transporte de cargas há 50 anos, entende a importância desse cuidado e contribuição. Por isso, vem avançando passos cada vez mais largos em direção a tornar-se cada vez orientada pela sustentabilidade, já que integra uma das atividades que mais poluem o planeta. Um deles foi dado no final do ano de 2020, com a conquista do selo Carbono Zero, o que a coloca, a partir de agora, no hall de empresas certificadas que adotam medidas que minimizam ao máximo a geração de CO2, neutralizando as emissões de gases poluentes provenientes de suas atividades.

Caio Cantú, diretor-executivo da empresa, conta que o processo teve início no segundo semestre do ano passado, motivado em expandir ainda mais as ações que a Diamante já vinha adotando há alguns anos. “Há vários anos, todo os nossos veículos passam por inspeções periódicas de emissão de fumaça, que atestam o cumprimento dos padrões internacionais de emissão de gases. Além disso, fazemos os laudos de descarte dos pneus sucateados junto às empresas homologadas para promover sua destinação correta, assim como com os lubrificantes. Mas estávamos em busca de um projeto que tivesse um impacto ainda maior em nossas iniciativas”.

A escolha da empresa certificadora, de acordo com o diretor, levou em conta alguns requisitos, como seu reconhecimento de mercado, metodologia certificada e auditada por órgãos internacionais e garantia real de que o volume de gases compensados pelos créditos de carbono tivesse registro e controle de que foram aposentados. “Buscamos algo concreto que nos trouxesse a segurança de atrelar a nossa marca a um projeto com credibilidade internacional”.

Em relação ao mercado, Caio destaca que essa conquista vai de encontro às práticas adotadas pelos clientes da empresa e também pelos grandes embarcadores. “Todos sabemos o impacto enorme que o transporte de carga acaba tendo no meio ambiente no que diz respeito à emissão de gases do efeito estufa. Nos juntamos às demais iniciativas do setor de suprimentos em tornar nosso mercado cada vez mais sustentável”.

Projeto Carbono Zero

Na prática

O selo Carbono Zero traduz algumas etapas já adotadas pela Diamante para neutralizar a emissão de gases poluentes em sua operação. “Fizemos o levantamento geral do quilômetro rodado pelos veículos e, por meio desses dados e parâmetros estabelecidos nacionalmente, chegamos a um total em toneladas de gases emitidos pelas nossas operações. A partir daí, com a ajuda da empresa de consultoria Biofilica, desenvolvemos o projeto e identificamos a área de floresta que deverá ser preservada, levando em conta o total de gases emitidos. Após isso, foi feito o trâmite legal de certificação dessa área e emissão de toda a documentação que nos garantirá que os créditos foram aposentados. Ou seja, que a área foi preservada pela Diamante a fim de neutralizar o volume de gases emitidos no período avaliado.

O projeto da Diamante apoia uma área da Amazônia, considerada o pulmão do mundo. “Ela tem uma importância vital na manutenção do clima do nosso planeta. Mas entendemos que os benefícios são enormes quando as empresas investem em projetos que buscam essa preservação em qualquer floresta de qualquer região do mundo. Não basta uma ação pontual, tem que ter um comprometimento perante ao tema”.

Neutralização

Caio comemora a conquista do selo, que atesta que 100% dos gases emitidos pelas operações de transporte da Diamante ao longo do primeiro semestre de 2020 foram neutralizados. Mas o trabalho não acaba aí. Para este ano, a empresa mantém o projeto ativo, com a realização do levantamento dos dados de emissão do segundo semestre do ano passado e promover a sua neutralização. “Além disso, investimos constantemente na renovação de nossa frota, trazendo veículos mais novos, menos poluentes e com mais tecnologia”, conclui.

10 Indicadores de Desempenho em Logística